Complexo de Peter Pan Imprimir E-mail
Artigos Revistas
Complexo de “Peter Pan” é uma expressão decorrente do personagem Peter Pan, criado pelo escritor James M. Barie, e que consiste numa compulsão em que homens e mulheres desejam manter-se sempre jovens e por essa razão se descuidam do papel adulto ou das responsabilidades, sem assumi-las, ou por sentir ou encontrar dificuldades ou por não as valorizarem como deveriam.

As causas do complexo de Peter Pan são advindas, no geral, da falta do autoconhecimento, que permite avaliar e dimensionar as potencialidades psicoemocionais e a realidade ou circunstâncias da vida. As pessoas imaturas nem sempre aceitam os compromissos e deveres destinados ao seu aprimoramento como ser humano. Reagem aos deveres, negando a realidade imposta pelo movimento cíclico do amadurecimento físico.

Como não se pode evitar o crescimento inexorável, desejam permanecer no estágio infanto-juvenil e negam as exigências naturais da vida. Essa fuga pode também representar uma desordem ou um desajuste psíquico decorrente do tipo de lar, dos fatores educacionais, profissionais, afetivos, materiais, morais, intelectuais, emocionais, religiosos e fisiológicos. No entanto, todos esses fatores têm uma causa única: a falta de desenvolvimento do senso moral, que propicia a superação de obstáculos íntimos ou externos.

Quem busca o rejuvenescimento físico através de cirurgias plásticas nem sempre tem complexo de Peter Pan, mas é possível que as constantes e desnecessárias cirurgias plásticas estejam associadas ao complexo de Peter Pan.

A insatisfação ou a apatia profissional, em certos casos, pode se constituir em causa ou efeito do complexo de Peter Pan. Saber escolher e adaptar-se a certas atividades e deveres do trabalho profissional também faz parte da necessidade do autoconhecimento. Identificar-se com o trabalho que realiza é condição imprescindível para o equilíbrio psicoemocional e moral do ser humano. Há muitos desastres morais, neuroses, psicoses e complexos resultantes da falta de uma atividade profissional que se ajuste às necessidades psicológicas, emocionais e individuais da pessoa.

A superproteção dos pais pode causar nos filhos o complexo de Peter Pan, dependendo da estrutura da personalidade dos filhos e de suas reações a certas atitudes censuráveis dos pais. Impedir ou inibir a expressão da individualidade de filhos ou educandos é promover a falta de iniciativa, a ociosidade, a indiferença e o personalismo.

Uma vida social muito direcionada a festas e recreações pode se constituir numa manifestação do complexo de Peter Pan, nos casos em que homens e mulheres, mesmo após o casamento, comportam-se como se não existissem as responsabilidades ligadas à vida matrimonial. Assumem posturas mais voltadas às diversões, festas e outros prazeres recreativos e sociais que aos deveres e responsabilidades que lhe cabem realizar, destinados ao equilíbrio e ao aperfeiçoamento da personalidade.

COMPLEXO DE CINDERELA

O “complexo de Cinderela” é um termo decorrente de um personagem de contos de fada e que consiste num desejo psíquico e emocional de certas mulheres de livrar-se de suas responsabilidades básicas, tentando para isso encontrar alguém que se disponha a sustentá-las e protegê-las material e moralmente.

Vivem como se estivessem a esperar a figura de um “príncipe” imaginário, quase sempre projetado para o casamento, o que não raras vezes leva a decepções ou frustrações afetivas quando o namorado, noivo ou cônjuge não atende suas expectativas e ansiedades.

Também os homens podem ser portadores do complexo de Cinderela. Ele pode ocorrer tanto nas mulheres quanto nos homens cujo psiquismo feminino esteja, acentuadamente, voltado ao desejo da proteção afetiva que lhes possibilite tanto a ajuda quanto a sustentação em suas atividades. O complexo de Cinderela pode ser prejudicial ao desenvolvimento psicológico e ao equilíbrio emocional quando decorre da ociosidade, dos medos ou fobias, causados por mágoas, frustrações, ressentimentos, desejo de vingança ou incompreensão da realidade da vida.

O complexo de Cinderela pode levar uma pessoa a projetar um modelo afetivo inexistente, Todavia nem todas as pessoas que assim procedem são portadoras do complexo de Cinderela. É frequente que homens e mulheres projetem um modelo de perfeição física, intelectual e moral naqueles a quem buscam se ligar afetivamente ou idealizem alguém que atenda a todas as exigências de perfeição para se casarem.

De modo geral, o modelo afetivo projetado para a desejada satisfação afetiva causa decepções. É possível que esse modelo projetado seja encontrado em parte, aliado a outras características que venham a surpreender, de tal modo que seja possível que os dois possam vir a estabelecer uma afeição sincera.

É possível perceber no ente querido o que é real e o que é imaginário, mesmo que as pessoas busquem projetar a sua melhor imagem para persuadir ou impressionar aqueles com quem desejam estar ligadas afetiva ou socialmente. Através da observação criteriosa, da intuição ou da convivência, pode-se compreender a natureza íntima de alguém, perceber características positivas e negativas, potencialidades e limitações intelecto-morais, evitando-se amarguras, desilusões, angústias e traumas psicoemocionais, além do impulso de condenar, julgar ou agir precipitadamente.
 
Comentários
Adicionar
Peter Pan  - Penso que tenho este sindrome |2010-04-24 09:07:44
Lancei um blog recentemente sobre este complexo, onde falo de mim proprio a
descoberta de mim mesmo.

http://odiariodeumpeterpan.blogspot.com/
Ana Paula |2012-06-27 21:58:31
E você acha isso bonito?
gabriela |2010-09-03 13:27:36
muito interesante esse artigo .
Onari |2010-12-04 18:39:21
Infelizmente me envolvi com um Peter Pan. Foi o pior relacionamento que
aconteceu na minha vida. De repente ele se transformou num moleque que só
queria se divertir, andar com molecada de 20 anos e me trocou por uma menina 24
anos mais nova do que eu...
rejane  - complexo peter pan |2012-03-28 13:52:02
Não te vejo assim.
Anônimo  - Acredito que tenho o Complexo de Peter Pan |2012-05-01 19:30:07
Esses dias me deparei com uma revista que falava superficiamente sobre o
Complexo de Peter Pan. Descobri que eu me encaixo nela, pois, intrinsicamente,
tenho horror em envelhecer e vivo querendo viver num mundo juvenil...Mesmo tendo
31 anos e vivendo num mundo com todas as responsabilidades de um adulto, eu nego
a todo instante esse mundo e só tenho vontade de voltar e ser jovem pra
sempre...
Escrever comentário
Nome:
Email:
 
Título:
 

3.25 Copyright (C) 2007 Alain Georgette / Copyright (C) 2006 Frantisek Hliva. All rights reserved."

 

COLUNISTAS

Adenauer Novaes
Décio Iandoli
Frederico Menezes
     
José Medrado
José Nicanor
Kau Mascarenhas
     
Pablo Capistrano
Ribamar Tourinho
Roberto Lúcio
     
Robson Pinheiro
Adms Auni
     
Wanderley Oliveira    

LOGIN

BLOGS

Blog do José Medrado

Kau Mascarenhas

Blog do Quico

Blog Djalma Argolo

Blog Dr. Décio

Blog - Adenáuer Novaes

MENSAGENS

Portal Kids