JUSTIFICATIVA DO CORAÇÃO

Me permitam os amigos deste nosso espaço de luz utilizá-lo para expressar minha tristeza por não poder atender os convites diversos proporcionados pela generosidade de tantos corações para proferir palestras em vários Estados do Brasil. Ultimamente, por exemplo, não pude aceitar os convites dos amigos de Taubaté, interior de São Paulo, Brasília, de Belo Horizonte e, ontem à noite, do caro Luiz Fernandes, dedicado trabalhador de Blumenal, Santa Catarina, para uma participação na Semana Espirita daquela progressista cidade do sul do país. Meu amigo Alamar Régis, incansável divulgador do espiritismo, por exemplo, tem se empenhado para que eu aumente as idas ao sul e sudeste do Brasil, no entanto, a agenda está um tanto complicada. Fico, no entanto, alimentado pela esperança de, em breve, atender cada um desses convites.
Dentro das minhas expectativas, espero que o problema que venho apresentando de crise labiríntica durante os voos, que vem começando a limitar-me os movimentos em viagens mais longas, me permitam satisfazer meu coração no atendimento de tantos generosos convites. Após trinta anos de viagens aéreas, começo, conforme me foi dito por médico amigo, a sentir mais ampla dificuldade nesses deslocamentos. Persisto, ainda, nas viagens. Não sei até quando, mas persisto. Ainda bem que reconheço, para maior alívio do coração, que nossos amigos do sul e sudeste dispõem de eficientes e competentes expositores da sublime causa, não afetando, portanto, a não concretização dos seus convites a minha pessoa, os programas nobres de difusão do pensamento espírita, em suas localidades. Agradeço, de coração triste, porem, um tanto feliz pela lembrança, a cada um deles. Deus há de contornar os obstáculos que nossa pobreza íntima não o conseguir, e nos dará, amigos, um breve encontro para a festa da alma.
Categorias

Posts Relacionados

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *