LAÇOS PROFUNDOS

Conheci, alguns dias atrás, uma família pequena com interessantes laços do passado. Particularmente, duas senhoras de mais de oitenta anos. Elas duas vivem no mesmo apartamento. Uma foi criada pela família da outra. Sua posição, porem, ante a casa, é como de uma secretária do lar. De uma humildade encantadora e uma energia suave impressionante, esta “secretária” vem suportando, ao longo de muitos anos, uma certa incompreensão quanto à sua presença naquele lar por parte de um parente da família. Isso desde muito tempo.
Ao conhece-la ( chanmarei a “secretária” de Benta), fiquei curioso com a história que envolvia aquelas almas. Os laços da reencarnação estavam ali evidentes. A sensação foi muito nítida de que tínhamos ali uma alma devolvendo algo à outra. E ajudando, com seu exemplo de grandeza e dignidade, a sua companheira a superar antigos ressentimentos, evidentes na experiência mais íntima das duas.

 

Fiquei pensando na beleza dos laços maios profundos da vida e de como a reencarnação fortalece os laços familiares e aproxima as almas. Bem conforme estudamos em o Evangelho Segundo o Espiritismo. Se só tivéssemos uma só vida carnal, certas situações não encontrariam a mínima lógica, a mais simplória base de racionalidade e justiça. Ante o caso que exponho, só a reencarnação explicita as raízes mais antigas daquela relação. Um dos familiares me contou  um pouco daquele drama de relacionamento, desde quando elas eram meninas. E digo à voces: incrível como se patenteiam os laços reencarnatórios, em sua ação rdentora, misericordiosa e justa. O plano divino para os espíritos, incluindo reconciliação, resgate, perdão e refazimento, resplandece ante situações como aquela. Bendita Soberana Lei Universal. Ela nos fala da destinação gloriosa das almas. E da plenitude que nos espera.
Categorias

Posts Relacionados

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *