Transtorno de Déficit de Sentido da Vida III

São causas prováveis da instalação dos processos que promovem a irrupção do transtorno: a) restrições da percepção das matrizes espirituais da vida; b) excessivo condicionamento à necessidade de estruturar o ego; c) percepção acanhada de si mesmo e de seu papel no mundo; d) ausência de estímulos significativos para construção de ideais de longo prazo; c) cristalização da ideia da morte como fim em si; f) ausência de hábito em utilizar seus próprios potenciais adquiridos em vidas passadas; g) necessidade de criar vínculos de pertencimento; h) não percepção de própria natureza divina; i) concepção primitiva da divindade e de seus atributos; j) concepção reducionista da ideia de liberdade; k) educação infantil deficiente, com indícios de descaso; l) absorção de valores estimuladores de deterioração social. Em diferentes níveis de percepção da realidade, o ser humano se condiciona a uma busca desenfreada por um lugar no próprio mundo, sem se perceber como passageiro temporário dele e, ao mesmo tempo, seu principal agente. Passa grande parte de sua vida tentando se entender, lutando para sobreviver, buscando superar naturais deficiências psicológicas, disputando espaço e tendo de requerer um lugar na sociedade.

Categorias

Posts Relacionados

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *