Dei um basta

Dei um basta a minha inocência, que me fazia acreditar que alguém resolveria minha vida e me tiraria de qualquer dificuldade; Dei um basta a minha ingenuidade, que me levava a aceitar, como verdade, tudo que me ensinaram como vindo de Deus; Dei um basta a minha insistência em querer que as pessoas me compreendessem, quando eu mesmo tinha dificuldade…

Continue lendo

Saudade de casa

Vivo numa casa com jardins floridos. Telhado de tonalidade azul, com uma varanda aconchegante de onde vejo um campo de alfazemas. Nela, vivo com entes queridos; não esqueço a alegria, a conversa leve, franca e amistosa. Na casa, em sua sala, há um lugar onde oramos e recebemos a visita de amigos espirituais que nos ensinam as coisas de Deus.…

Continue lendo

Diga não

Quando perceber qualquer tipo de descriminação contra você ou alguém próximo; Quando, principalmente na sua presença, alguém quiser humilhar outra pessoa; Quando sentir que sua raiva levará você a cometer atos que depois se arrependerá; Quando você perceber sua passividade diante da injustiça; Quando sua indiferença surgir diante da miséria e do sofrimento humano; Quando sua humildade se tornar subserviência…

Continue lendo

Clamor popular

Chega de sermos envolvidos por promessas populistas. Pessoas eleitas para servir esquecem suas responsabilidades para serem amordaçadas por acordos com aqueles que não têm compromissos com as necessidades do cidadão comum. A precariedade dos serviços públicos oferecidos nas áreas da saúde, da educação, segurança pública e mobilidade urbana contrastam com a inteligência do cidadão comum. A indignação passou a ser…

Continue lendo

Com Clara

Difícil conter a emoção no lugar em que a Santa faleceu. Lágrimas escorreram-me na face, exigindo-me recolhimento e reflexão ante a energia espiritual que dali emanava. De mim aproximou-se nobre Entidade Espiritual, que se apresentou com uma senhora, informando-me que tinha um recado da Santa. Perguntei-lhe, mentalmente, o que queria de mim, isto é, o que queria ela que eu…

Continue lendo

Nietzsche (1844-1900)

Ler Nietzsche, em O Anticristo, significa entrar em contato com o mais contundente filósofo crítico. Essa leitura provoca dois sentimentos: o primeiro é de admiração pela sua coragem em atingir com agressivas críticas, simultaneamente, a Igreja, a casta sacerdotal, os cristãos, os judeus, os alemães, os teólogos, o apóstolo Paulo, Lutero e todos que trocam a vida presente pela vida…

Continue lendo

Nem sempre

Nem sempre estou pronto, nem instantaneamente apto a responder a tudo; Muitas vezes, prefiro o silêncio por não saber o que dizer; Prefiro, em certas ocasiões, a raiva ao medo. Ela me mobiliza e promove a sensação de me sentir vivo; Quando receio a censura alheia, me podo, me reprimo e me torno pequeno. Ela representa minha falta de sabedoria;…

Continue lendo

Interesso-me

Por pessoas que amam, sentem e respiram a harmonia, vivendo a vida como um grande presente de Deus; Por pessoas que gostam de animais, por tratá-los como irmãos que se encontram em processo de desenvolvimento, a caminho da consciência de si; Por pessoas que gostam de aprender, de ler e estudar, por entenderem que é a única via para a…

Continue lendo

Reencarnação

A consciência da imortalidade do Espírito e a lembrança de outra encarnação, leva-nos a muitos e diferentes estados emocionais. Há um querer lembrar de emoções vividas, sem muito êxito, bem como o experimentar sentimentos por lugares e pessoas, inexplicáveis. É um misto de êxtase e de satisfação interior por perceber que não tenho controle de nada do que me aconteceu,…

Continue lendo